Grammy anuncia mudança de regras para tentar tornar o prêmio mais justo.

Grammy anunciou uma série de mudanças em suas regras na ultima quarta-feira (14) para tentar tornar o prêmio mais justo, como votação online e atualizações da categoria de álbum do ano. As novidades já estão valendo para a edição 2018 do prêmio. A votação para os 13.000 membros da academia fonográfica será completamente online agora. Bill Freimuth, vice-presidente sênior de premiação da academia, disse a ABC que a academia espera atrair eleitores mais jovens e músicos em turnê que estão longe de casa durante a temporada de votação. “É algo que tem sido desejado, falado e investigado há muito tempo”. Freimuth disse que havia preocupações com questões de segurança, mas que “fizeram tudo o que pudermos para garantir que a integridade do sistema seja preservada” A mudança de regra do álbum do ano afetaria principalmente o pop, o rap e os álbuns de R&B contemporâneos, onde os produtores normalmente variam ao longo das faixas. “Lemonade”, de Beyonce, “Views”, de Drake, e “Purpose”, de Justin Bieber – todos indicados em 2017 para álbum do ano – cada um tinha pelo menos 20 produtores creditados. O “25” de Adele, que ganhou o principal troféu tinha 11 produtores.