Melanie Martinez é acusada de estupro por ex-amiga.
A cantora americana Melanie Martinez foi acusada de estupro por Timothy Heller, uma também cantora que diz ter sido sua melhor amiga. A artista negou. "Ela nunca disse não ao que decidimos fazer juntas", escreveu Melanie no Twitter nesta terça-feira (5). Em uma longo texto publicado nesta segunda (4), Timothy descreveu uma noite em que "repetidamente disse não" aos avanços sexuais de Melanie, o que ela diz não ter sido aceito pela cantora.

O episódio teria acontecido enquanto as duas estavam sob efeito de maconha. Timothy afirma que Melanie lhe fez sexo oral e usou um brinquedo sexual, sem seu consentimento.
"Eu segurei esse segredo por anos, convencendo-me de que não era grande coisa e de que eu não estava ferida por isso. O pensamento de aceitar que minha melhor amiga me estuprou parece insano", afirmou.
"Mas eu comecei a ter respostas que eu não esperava. É difícil dizer que alguém que você amava o estuprou. Alguém que você ainda ama."


Ao negar as acusações em um texto publicado no Twitter, Melanie disse estar "horrorizada e triste com a história contada" por Timothy.
"O que ela e eu compartilhamos foi uma amizade por um período de tempo. Nós entramos na vida uma da outra porque ambas começamos nossas carreiras como artistas e tentamos ajudar uma à outra. Nós dois tivemos dor ao lidar com nossos demônios individuais e os novos caminhos que estávamos seguindo, mas eu realmente senti que tentávamos levantar uma à outra."
Melanie Martinez surgiu na edição de 2012 do "The Voice EUA". A cantora de 22 anos lançou em 2015 seu primeiro álbum, "Cry baby", com um pop sombrio e letras que discorrem sobre temas como depressão, ansiedade e tristeza. No ano passado, ela veio ao Brasil para se apresentar no Lollapalooza.