“O Fabuloso Destino de Amélie Poulain” ganhará documentário: saiba mais

O ano de 2001 foi sem dúvida um período em que o mundo enxergou com um pouco mais de sensibilidade o cinema francês. Foi nesta data em que aconteceu o lançamento de “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain, longa que se tornaria um clássico tempos depois.

Agora, quase vinte anos após essa estreia, um mocumentário (não, não escrevemos errado) sobre a obra está em fase de produção. A informação foi confirmada nesta terça-feira (7) pelo IndieWire.

De acordo com a publicação, o diretor de “Amélie”, Jean-Pierre Jeunet tem investido pesado no projeto que consiste em uma revisitação da produção original a partir de uma paródia ou sátira. O objetivo deste tipo de formato é fazer com que o público acredite que a narrativa tenha realmente acontecido na vida real. Curioso, né?

Para Jeunet, nossas expectativas não precisam ser tão grandes, já que o intuito é apenas divertir o expectador a partir dos bastidores de eventos que marcaram o longa.

“Tenho escrito um falso documentário sobre as filmagens de “Le Fabuleux Destin d’Amélie Poulain”, algo como o filme de Peter Jackson sobre o início do cinema. Isso será só algo bobo, algo engraçado, barato de se fazer, espero”.

Na entrevista, o diretor também foi questionado sobre o porque de uma série sobre Amélie nunca ter sido produzida. A resposta foi bem sintética: em sua opinião, trata-se de uma ideia que não funcionaria, especialmente na Paris dos dias atuais.

“Não seria a mesma atriz, seria algo barato porque não temos condições financeiras de arcar com as despesas. Além disso, filmar em Paris agora seria muito difícil, porque as construções estão em todas as partes. Paris está feia agora. Então não, eu não tenho vontade de fazer uma sequência ou uma série. Só este documentário”.

Ainda não há previsão para que o projeto seja lançado. Com Audrey Tautou no papel principal, “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain” narra a história de uma jovem do interior que se muda para Paris e começa a trabalhar em um café. Exatamente no dia em que morre a Princesa Diana, ela descobre uma caixinha em seu apartamento e decide procurar o dono. A decisão que muda radicalmente os rumos de sua vida.

O longa concorreu ao Oscar em cinco categorias. Relembrar é viver:

ASSISTA AO TRAILER